Célula da Anonymous ataca novamente site de Michel Temer

Compartilhe:
A AnonOpsBrazil, uma célula da Anonymous, derrubou o site pessoal do presidente Michel Temer na tarde desta sexta-feira (26). Os ataques hacker direcionados aos políticos envolvidos nos últimos escândalos do governo brasileiro vêm ficando mais recorrentes. Recentemente, a Anonymous realizou um ataque aos servidores da Friboi, empresa da JBS, e roubou senhas de usuários. Além disso, a legião hacker também juntou vários dados públicos sobre políticos e mostrou essas informações de forma organizada em um documento online — entre eles, Michel Temer e Romero Jucá.

A Anonymous e suas células se posicionaram contra o presidente Michel Temer e deixaram claro que ele será o principal alvo das operações

Em um manifesto postado online, a AnonOpsBrazil escreveu o seguinte: “Saudações, cidadão brasileiro. Nós somos anonymous, somos a voz daqueles que não tem voz. O senhor presidente da republica Michel Temer será o principal alvo de nossas operações. Declaramos guerra a qualquer autoridade, seja política ou não, que oprime a população. Não somos um movimento partidário e qualquer governo, seja de direita ou esquerda, que por sua vez prejudica a grande maioria esquecida, nós estaremos aqui para lutar por eles”.

“Nós não esquecemos, senhor presidente, seu nome foi citado quarenta e três vezes na Operação Lava Jato. Nós não esquecemos toda sua articulação política para chegar a presidência, nós estamos cientes de todas as barbáries escondidas por trás de seu governo e partido, que não luta pelo direito do povo, e sim governa em causa própria”, continua a AnonOpsBrazil.

No dia 19 de maio, o Planalto já havia retirado o site pessoal de Michel Temer do ar. Na época, foi comentada uma suposta invasão hacker e o site ficou offline como uma contenção de danos. Agora, ao que parece, o que era suspeita se tornou realidade.

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *