Criador da Litecoin vende e doa todo o próprio estoque da criptomoeda

Compartilhe:

O empresário e engenheiro Charlie Lee, criador da Litecoin, resolveu vender e doar todo o seu estoque da própria criptomoeda que desenvolveu. Ele anunciou a novidade por meio de uma postagem de esclarecimento no Reddit.

Segundo Lee, ele era acusado constantemente de manipular a cotação da Litecoin por meio de publicações nas redes sociais. “Toda vez que eu twittava sobre o preço da Litecoin ou só notícias boas e más, eu era acusado de fazer isso em benefício próprio”, explica. A medida, portanto, foi tomada para evitar qualquer conspiração sobre ele ter tanta influência sobre a criptomoeda e também ser dono de várias unidades dela.

E se engana quem pensa que ele tomou uma decisão ruim ou que vai prejudicar o projeto. “Eu vou passar todo o meu tempo trabalhando na Litecoin. Quando ela der certo, eu serei recompensado de várias formas diferentes, só não mais por ser dono de moedas. Eu agora acredito que essa é a melhor forma para mim de continuar supervisionando o crescimento da Litecoin”, conclui.

Isso é bom para a moeda?

Lee não conta o valor envolvido na venda, mas com certeza foi uma grande quantia — ele só manteve algumas unidades físicas contendo Litecoins como item de colecionador.

 Além disso, ele deve continuar investindo em outras criptomoedas. 

A Litecoin existe desde 2011 e é uma das principais criptomoedas alternativas para quem deseja fugir da bitcoin. A cotação dela caiu cerca de 6% com o anúncio, mas já parece ter se estabilizado novamente.

Fonte: Tecmundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *